Conceitos sobre investimento anjo são disseminados no Grande ABC

Atividades promovidas pela Anjos do Brasil, com apoio do ITESCS, orientam e auxiliam startups e potenciais investidores  

Na noite desta terça-feira, dia 30, grupo de empresários, empreendedores e investidores acompanharam apresentação sobre conceitos relacionados a “investimentos anjo”, ministrada pelo líder regional do Núcleo ABC Anjos do Brasil, o presidente do ITESCS, Benicio José. Durante a atividade, realizada no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, por meio de parceria com o Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul e apoio da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, os participantes receberam dicas sobre pontos a serem observados por potenciais “investidores anjos” em projetos de startups.

Investimento anjo é o tipo de investimento feito por pessoas físicas com capital próprio em startups, empresas com alto potencial de crescimento. Esse investidor aplica dinheiro e compartilha experiências com empreendedores, contribuindo para aumentar as chances de sucesso do negócio. A atividade realizada nesta semana integra calendário permanente de apresentações promovidas pela Anjos do Brasil na região.

Benício indicou quesitos que devem ser observados pelos interessados em investir recursos neste tipo de empreendimento. “É preciso pensar por que investir. Ela (startup) resolve problema de fato? Qual problema ela resolve? Qual a composição do time? Ela tem escalabilidade?”, ponderou.

O líder regional da Anjos do Brasil pontuou questões essenciais sobre investimento anjo. “A busca pela startup a ser investida deve ser focada na expertise da história do investidor, pois precisa ser sinérgico à sua inteligência”. Também são aspectos fundamentais: conhecer a trajetória do empreendedor; compartilhar com investidores mais experientes o projeto; estudar como o smart money pode ser importante para a empresa analisada – observando que inteligência e networking “valem bem mais do que dinheiro”; e construir relacionamento para a segurança de ambas as partes.

O evento contou com apresentação da aceleradora de empresas All Incentive e pitch (modelo de apresentação de negócios) da Vegpet. O presidente da Agência GABC, Joaquim Celso Freire, acompanhou as apresentações e ressaltou a importância de ideias que “contribuam para transformar positivamente a sociedade”.

Desde junho deste ano, o ITESCS é parceiro da Anjos do Brasil no ABC, credenciada a atuar como polo investidor da Anjos. A Anjos do Brasil, por sua vez, é uma organização sem fins lucrativos de fomento ao investimento anjo e empreendedorismo de inovação, proporcionando a integração entre empreendedores e investidores comprometidos com financiamento de alto risco.

ABC participa de reunião preparatória para o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável

Temas prioritários foram debatidos por gestores de todo o País para subsidiar Encontro entre as cidades que acontecerá em 2017

Foto: Douglas Oliveira/FNP

A Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC participou nesta quarta-feira, dia 30, da 2ª reunião da Comissão Organizadora do IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS) da Frente Nacional de Prefeitos. O secretário executivo da Agência GABC, Giovanni Rocco, acompanhou a atividade, realizada em Campinas. O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, representado pelo secretário executivo da entidade, Luis Paulo Bresciani, também participou da atividade.

O papel das micro e pequenas empresas no processo de retomada do desenvolvimento econômico local e no incentivo ao emprego e à renda; e economia solidária como estratégia para o desenvolvimento sustentável e o trabalho decente; foram temas diretamente relacionados à economia discutidos pelos participantes da Comissão.

Gestão federativa, desafios regionais, governança metropolitana, o Estatuto das Metrópoles (PDUI), entre outros, foram questões pautadas sobre “consórcios públicos como alternativa para a gestão federativa e ganhos de escala”.

Outros pontos como “nova ocupação do espaço urbano”, mobilidade urbana, educação, eficiência energética, parcerias público-privadas (PPPs), saúde, melhoria da qualidade do gasto público, transparência, previdência municipal, juventude, enfrentamento às desigualdades sociais, receitas municipais e planejamento urbano também foram discutidos.

“Trabalhamos hoje analisando e debatendo temas essenciais de nossas cidades. São desafios comuns que serão pautados no IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, programado para o próximo ano. Deverão ser, portanto, assuntos tidos como prioritários pelos gestores públicos, muitos deles em início de mandato. Estamos fornecendo subsídios para a formulação e adoção de políticas públicas que impactem positivamente na vida das pessoas”, afirmou o secretário executivo da Agência GABC, Giovanni Rocco.

O IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável será realizado entre 24 e 28 de abril de 2017, em Brasília. A Comissão Organizadora, composta por representantes dos municípios e Consórcios filiados à FNP, do Governo do Distrito Federal, do Sebrae, da União Europeia, do Instituto de Recursos Mundiais (WRI) e pelos presidentes de Fóruns de Secretários e Gestores Municipais, tem como missão subsidiar a coordenação política e a direção da entidade para a tomada das decisões estratégicas.

Encontro de Desenvolvimento Econômico na Bahia – FNP

O secretário executivo da Agência GABC, Giovanni Rocco, participou na última sexta-feira, dia 25, a convite da Frente Nacional de Prefeitos, do II Encontro de Secretários e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia, realizado em Camaçari. Durante o evento, Rocco apresentou o modelo de governança regional e ações da Agência GABC como alternativa para a implantação de políticas de desenvolvimento local. O Encontro contou, ainda, com a participação do Sebrae BA.

A atividade faz parte da agenda do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento Econômico da FNP, com apoio do Sebrae, que tem por objetivo promover a troca de experiências e a capacitação de gestores em todo o País.