Declaração de rendimentos a Receita Federal

A Tabela Imposto de Renda 2019 ainda não foi realizada, porque normalmente isso é lançado apenas no começo do ano. Só que é necessário então mostrar as estimativas sempre com base na tabela do ano anterior. É essencial destacar que para facilitar um pouco a vida das pessoas será preciso seguir por aqui.

A ideia da postagem é mostrar que os brasileiros têm que se atentar a uma série de assuntos que podem afetar a sua vida. O Imposto de Renda é um desses assuntos que os contribuintes precisam estar sempre atentos. Não importa se por meio da internet ou noticiário no rádio ou televisão, pois fará muita diferença. Isto porque o Imposto de Renda 2019 será um valor cobrado a todos os trabalhadores que excederam um valor mínimo de rendimento no ano-base. Além dos prazos a respeito do envio do imposto de renda, os contribuintes precisam se atentar a outro assunto relativo: a Tabela IRRF 2019.

Tabela do Imposto

O Imposto de Renda é uma ferramenta de recolhimento de investimentos para os setores de infraestrutura do país. Isso irá envolver milhares de assuntos e sempre irá mexer com a vida de muitas pessoas. Essa ampla gama de informação a respeito de um imposto gera dúvidas nos contribuintes que não possuem tanta experiência em declarar o imposto de renda. Confira a tabela correspondente a 2018 abaixo, veja:

Base de Cálculo Alíquota Parcela a Deduzir do IR

Até R$ 1.903,98                –             –

De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 7,5%      R$ 142,80

De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 15%       R$ 354,80

De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 22,5%    R$ 636,13

Acima de R$ 4.664,68     27,5%    R$ 869,36

Um dos assuntos ao qual os contribuintes possuem mais dúvida é a respeito da serventia dessa tabela do imposto. No entanto, não existe motivo para ter dor de cabeça, porque tudo pode vir a mudar de acordo com o tempo. A Tabela Imposto de Renda 2019 embora ainda não divulgada, terminará sendo algo essencial.

O contribuinte deve se atentar ao fato de que a base de cálculo é sempre a remuneração recebida pelo trabalhador. Isto porque os critérios para aplicação de alíquotas se diferem umas das outras.

Procure pensar que as alíquotas mudam de acordo com o salário recebido pelo trabalhador. Essa informação é essencial no momento da elaboração da sua declaração do imposto de renda 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *